Sobre o tempo…

A história
Cada dia que passa
Nunca é a mais – sempre a menos.
Inicia o amanhã – o ontem acaba.
Um passado a menos – um futuro a mais.
Tudo que teve início
Implica, também, o fim.
É um bom princípio
De uma lógica sem fim.
Mathusalém Quaresma

É interessante pensar no tempo, suas definições. Há o tempo cronológico dentro do qual vivemos e o momento oportuno para os propósitos. Chornos e Kairós. Vocês sabem quem são?

Na mitologia, Chronos era um titã que destronou seu pai e tornou-se o senhor do céu e assim, os titãs começaram a governar o mundo. É a personificação do senhor do tempo. Segundo o mito, ele devorava os filhos assim que estes saiam do útero de suas mães.

“Chronos devora ao mesmo tempo em que gera”

Já Kairós era um jovem que não se preocupava com o tempo cronológico, calendário, relógio. Era representado por um jovem nu, com asas nos ombros e nos pés, cabelos apenas nas laterais e segurando uma balança -símbolo de equilíbrio e justiça. Assim, ele só poderia “ser pego” quando agarrado pelos cabelos, ou seja, quando passasse por nós, e não poderia ser pego depois de passado, pois sua nuca era calva e não poderia ser puxado de volta.

“Kairós, embora veloz, não ultrapassa a medida”

Assim,

📅Chronos se refere ao período de tempo, que é medido quantitativamente (calendário/relógio). 

Kairós se refere ao tempo certo, o momento oportuno ou também o “tempo de Deus”, tempo qualitativo.


Deixo, por fim, uma música que gosto muito…sobre o tempo…

Música: Tempo em Movimento de Lulu Santos, Luiza Possi

Somos
Tantos numa só pessoa
Somos o que fomos antes
E o que não seremos mais
Também
Nós já não somos
Como um dia nós sonhamos
Somos o que a vida fez de nós
Que fizemos de nós mesmos
Viver é escolher
Entre o instinto e a razão
Entre a cabeça e o coração
E os destinos da alegria e da dor
E do bem-querer
Da solidão
Nada é por acaso
Tempo
É tão pouco o nosso tempo
Pra tamanho sentimento
Que não cabe no presente
Nós somos nossa história
Nossos sonhos e memórias
Nossas ilusões à toa
Nossas emoções baratas
Viver é aceitar
Nossos bons e maus momentos
Entre razões e sentimentos
Entre o medo e o desejo de amar
Amanhecer, anoitecer
Tempo em movimento

Com amor,

Evelise Psicóloga

Autor: Evelise Magnus

Com amor, compartilho ideias, saberes, aprendizados e transformações ♡

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s